DELEGAÇÃO DA HORTA

A Delegação da Horta da IPA, abrange as ilhas do Faial e Pico do grupo central e as ilhas das Flores e Corvo grupo Ocidental do arquipélago dos Açores.

Devido à proximidade existente entre as ilhas do triangulo (Faial, Pico e S. Jorge) faz com que este local se torna um destino único, fascinante e surpreendente no arquipélago açoriano. Sendo possível diariamente atravessar o canal (pessoas e viaturas) de ferry entre as várias ilhas do triangulo, numa operação que se estende ao longo do ano. A frequência das partidas aumenta consoante as épocas do ano. O canal entre a Horta (Faial) e a Madalena (Pico) leva cerca de 30 minutos a fazer-se e é servido por 4 a 6 ligações diárias. Um percurso alternativo permite a navegação entre a Horta e as Velas (São Jorge), com escala em Madalena ou São Roque (Pico).

A delegação da Horta da IPA está sediada na Ilha do Faial. A ilha é constituída por um único concelho, a Horta, e é na sede do conselho que se localiza a sede da Assembleia Legislativa Regional, o Parlamento Regional.

Entre vários pontos de interesse que a Ilha do Faial oferece, uma das paragens obrigatórias na visita, é o vulcão dos Capelinhos, a sua magnífica Caldeira coberta de vários tons de verde, os seus campos de pastagens rodeados de hortênsias azuis e as praias de mar calmo. Merece especial destaque, a cidade da Horta em anfiteatro para as baías, onde se situa a marina mais conhecida internacionalmente por marinheiros de todo o mundo e a vista imponente da montanha do Pico. Na cosmopolita cidade para além dos vários monumentos e edifícios cheios de histórica, poderá visitar entres outras, a casa “Manuel de Arriaga”, o primeiro presidente da República eleito, a ” Casa dos Dabney”, família que viveu no Faial, deixando uma herança cultural, histórica e científica, ainda hoje visível e reconhecida na ilha. Na Ilha poderá desfrutar também de magníficos passeios de barco para a observação de cetáceos e beber um gym na sala de visitas da cidade, o mítico “Peter Café Sport”, ponto de encontro de todos os velejadores que anualmente atravessam o oceano atlântico.

Do outro lado do canal, está a ilha do Pico e a sua majestosa montanha, o ponto mais alto de Portugal com 2.351 m de altitude, que no interior conserva longas e preservadas grutas vulcânicas. Nos seus campos de lava estende-se um reticulado único de muros entre os quais nasce a vinha, que foram considerados paisagem património mundial e onde se produz o famoso vinho verdelho que podemos degustar nas suas adegas. De destacar ainda as vistas para as ilhas de São Jorge e do Faial e a observação de cetáceos. Tudo isto torna esta ilha única no equilíbrio quase perfeito entre a terra agreste e o engenho da sobrevivência que permitiu uma cultura singular.
 

Do Faial ao Pico é um “salto” a São Jorge. É uma ilha estreita, que tem uma cordilheira ao centro e diversas particularidades como as fajãs – pequenas planícies que se prolongam pelo mar, formadas por abatimentos da falésia e muitas vezes só acessíveis através de trilhos pedestres que atravessam uma natureza encantada.

Mensagem do presidente

Caros associados,

É com enorme satisfação que me apresento enquanto novo Presidente da Direção da Delegação da Horta da IPA Portugal, para o quadriénio 2021/2024.

A IPA é um movimento a associativa autónoma constituída por membros de diferentes forças policiais (tanto no ativo como na aposentação), sem distinção de grau, sexo, raça, cor, língua ou religião, a sua finalidade é criar laços de amizade e promover a cooperação entre os seus membros, sob o lema “Servo per Amikeco” (Servir pela Amizade), uma organização policial do mundo, implementada nos 6 continentes com mais de 500.000 membros.

A IPA é um movimento a associativa autónoma constituída por membros de diferentes forças policiais (tanto no ativo como na aposentação), sem distinção de grau, sexo, raça, cor, língua ou religião, a sua finalidade é criar laços de amizade e promover a cooperação entre os seus membros, sob o lema “Servo per Amikeco” (Servir pela Amizade), uma organização policial do mundo, implementada nos 6 continentes com mais de 500.000 membros.

Assumi este desafio com sentido compromisso com sentido de responsabilidade, com a plena consciência das dificuldades inerentes à singularidade desta nossa nobre instituição.

Quero crer que esta separação geográfica entre nós (Faial, Pico e Flores) não seja motivo de desunião, mas sim um elo de união entre todos.

Esta nova equipa, constituída por pessoas motivadas, dedicadas e que, acima de tudo, valorizam esta nossa “casa”, de corpo e alma, dão início a um novo ciclo na vida desta tão ilustre instituição.

São muitos os projetos que temos em mente, numa “casa” adormecida, mas para nós é premente divulgar a imagem da nossa delegação junto de todas as forças e serviços que fazem parte da IPA.

Conseguir um espaço físico onde possamos instalar a nossa sede social, trata-se de um processo exigente o que requer muito trabalho e sobretudo muita persistência, mas tenho a certeza que, com espirito resiliente desta direção vamos conseguir.

Estou seguro que com o vosso contributo e participação todos juntos conseguiremos levar a bom porto a nossa instituição.

Termino agradecendo a todos,

Com os melhores cumprimentos,

Servo per Amikeco”

O Presidente da Delegação da IPA da Horta.

Horta, 16 Fevereiro de 2022

Contactos

Telefone

(+351) 217 157 206

E-Mail

delegacaohorta@ipa-portugal.pt

Morada

Rua—–

Orgãos sociais

ASSEMBLEIAS GERAIS

informação local

EVENTOS LOCAIS

Nenhum evento encontrado!

EVENTOS já realizados

Nenhum evento encontrado!

PROTOCOLOS

Os benefícios dos protocolos só são aplicados com apresentação, pelo titular, do cartão de associado IPA válido e extensíveis a cônjuge ou pessoa a viver em união de fato e filhos.

Para mais informações: (+351) 217 157 206 ou geral@ipa-portugal.pt

Scroll to Top